Gama Recharge da Volvo alcançou 57% de quota no 3º trimestre

0
Gama Recharge da Volvo alcançou 57% de quota no 3º trimestre
Volvo C40 Recharge

A Volvo refere que continua a crescer o número de condutores que opta pelos seus modelos Recharge, que abrange tanto os híbridos Plug-in, como os 100% elétricos (XC40 Recharge e C40 Recharge).

As vendas mundiais da marca nórdica, relativas ao 3º trimestre (julho a setembro de 2021), apresentam uma taxa de penetração destes modelos eletrificados de 26% em relação às vendas totais: com 22% de modelos plug-in e 4% de modelos 100% elétricos.

Em Portugal, esta taxa de eletrificação é ainda superior, de acordo com o representante no nosso país do emblema sueco.

Assim, neste mesmo período, o peso dos modelos Recharge foi mais de metade dos números nacionais da Volvo Cars nacional, tendo alcançado os 57%, dividindo-se essa percentagem em 51% de modelos plug-in e 6% em modelos totalmente elétricos.

Volvo aumenta produção em 10 vezes

Neste último trimestre em apreciação, a Volvo Cars anunciou ainda um aumento significativo da sua capacidade produtiva para os seus Recharge 100% elétricos.

A capacidade atuaI, proveniente da fábrica de Ghent, na Bélgica e da fábrica de Taizhou, na China, irá passar de 15.000 automóveis/ano para 150.000 automóveis/ano. Trata-se de uma alteração entrará em vigor na segunda metade de 2022.

“Quando me juntei aos colegas da indústria e representantes do governo em Glasgow no início deste mês, para assinar a Declaração sobre Carros e Veículos comerciais com Emissão Zero na conferência climática da ONU, COP26, foi para enviar uma mensagem clara: a hora de agir é agora”, refere Hakan Samuelsson. “Para a Volvo Cars, isso significa que pretendemos ser o transformador mais rápido na nossa indústria e tornar-nos um fabricante de automóveis totalmente elétrico até 2030 e uma empresa neutra para o clima até 2040.”

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of