O CEO da linha de montagem da Ford em Kansas City, Estados Unidos da América (EUA), Jim Farley, anunciou no Twitter que as primeiras unidades da Ford E-Transit já saíram da linha de montagem e estão agora a ser testadas para certificar de que tudo está operacional e, assim, fazer as primeiras entregas em 2022.

As empresas Penske Truck Leasing e a National Grid estão agora a testar estas versões de pré-produção da carrinha totalmente elétrica com o objetivo de, nos próximos anos, eletrificarem as suas frotas.  

A Ford E-Transit partilha algumas semelhanças com os modelos movidos com motores de combustão interna, mas distingue-se em alguns aspetos tais como ter o sistema de travagem totalmente elétrico e no local da frunk (compartimento dianteiro), comum em muitos veículos elétricos, foi colocado o pneu sobressalente.

ford e-transit

Também o peso e o preço serão diferentes dos modelos ICE. A E-Transit, devido à bateria de 67 kWh, colocada por baixo do veículo, pesará mais sensivelmente 270 kg e terá um custo adicional de 9.000 dólares. Nos EUA o preço estimado de comercialização será a partir de 47.185 dólares.

A autonomia prevista é de 200 quilómetros e será possível carregar a 120 e 240 volts.

Os clientes da E-Transit terão ao seu dispor um conjunto de serviços gratuitos do Ford Pro, que inclui um período de teste do E-Telematics, uma funcionalidade que permite aos gestores de frota rastrear o alcance da bateria, localizar estações de carregamento e ficar a par das tendências de consumo de energia.

A Ford E-Transit 2022 foi revelada em novembro do ano passado e desde então a fabricante de automóveis já recebeu mais de 24.000 pré-reservas desta carrinha.

Artigo anteriorDS 3 Crossback E-Tense com autonomia esticada
Próximo artigoSaudades do Lancia Delta Integrale? Ele vai voltar como elétrico de 680 cv!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of