A APREN – Associação Portuguesa de Energias Renováveis vai reunir mais de 50 especialistas na sua conferência anual que decorre a 9 e 10 de novembro, em Lisboa.

A edição de 2021 do Portugal Renewable Energy Summit contará com a presença do Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, e do Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba.

“Renováveis, motor da recuperação económica” é o tema desta edição, que decorrerá em formato híbrido a partir do Grande Auditório da Culturgest.

Os interessados podem escolher participar presencialmente ou assistir ao evento de forma remota, tal como aconteceu na edição de 2020.

“Fit for 55 – a nova ambição europeia” será o tema em cima da mesa no primeiro painel. A Comissária Europeia para a Energia, Kadri Simson, fará uma intervenção inicial. Seguir-se-á o debate com cinco eurodeputados: Graça Carvalho, Carlos Zorrinho, Marisa Matias, Nuno Melo e Sandra Pereira.

“O novo enquadramento das renováveis será suficiente para o cumprimento das metas?” Esta é a pergunta que servirá de mote ao segundo painel. Paula Pinho (Direção-Geral da Energia – Comissão Europeia) e Alejandro Donnay (State Aid Energy – Comissão Europeia) asseguram as intervenções iniciais.

O debate prosseguirá com a participação de Giles Dickson (WindEurope), Walburga Hemetsberger (Solar Power Europe), Patrick Clerens (EASE), Jorgo Chatzimarkakis (Hydrogen Europe), Dörte Fouquet (EREF), Remi Gruet (Ocean’s Energy) e Jean-Marc Jossart (Bioenergy Europe).

A evolução do preço da eletricidade

“A evolução do preço da eletricidade no mercado ibérico” será o tema do debate que terá como protagonistas José Donoso (UNEF), Juan Virgílio Márquez (AEE) e José María Gonzalez Moya (APPA), após duas apresentações iniciais de Ignacio Cobo (AFRY Consulting) e Laureano Alvarez (Deloitte Espanha).

No segundo dia o foco incidirá sobre a realidade portuguesa. A sessão de abertura ficará a cargo do Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba. Segue-se o debate sobre a “Simplificação do licenciamento de projetos renováveis” com Nuno Lacasta (APA), Nuno Banza (ICNF) e Maria José Espírito Santo (DGEG).

O caminho para 2,5 GW de Hidrogénio Verde

Logo depois abrir-se-á “o caminho para 2,5 GW de Hidrogénio Verde”. As apresentações deste painel ficarão asseguradas por Christian Pho Duc (SmartEnergy) e Ana Barillas (Aurora Energy Research). O debate contará com Sérgio Goulart Machado (Galp Energia), Ana Quelhas (EDP Renováveis), João Cunha (Smartenergy) e Luís Delgado (Bondalti).

O debate sobre “o autoconsumo, as comunidades de energia e a eficiência energética” terá a participação de Andreia Melo Carreiro (Secretaria de Estado da Energia), Nélson Lage (Adene), Carlos Sampaio (Elergone), Alexandre Cruz (Tecneira), Jorge Esteves (ERSE) e DGEG.

A estratégia de redes no evento da APREN

A “estratégia de redes, flexibilidade de consumo e armazenamento” será apresentada por Peças Lopes (FEUP) e João Coelho (Delta EE). O debate decorrerá com a participação de Mário Paulo (ERSE), José Ferrari Careto (E-Redes) e João Conceição (REN) e João Bernardo (DGEG).

A “fotografia do solar fotovoltaico de grande escala em 2030” será perspetivada por Júlia Seixas (FCT), Manuel Silva (Aquila), Miguel Lobo (Lightsource BP), Miguel Patena (EDP), Tiago Barata (Generg) e Teresa Ponce de Leão (LNEG).

E “como impulsionar o aumento de potência renovável em Portugal?” As respostas chegarão através de Álvaro Brandão Pinto (Generg), Duarte Bello (EDP Renováveis), João Manso Neto (Greenvolt), José Grácio (Trustwind) e Pedro Norton (Finerge). A sessão de encerramento ficará a cargo do Ministro do Ambiente.

Durante a conferência terá ainda lugar a cerimónia de atribuição do Prémio APREN 2021 – uma iniciativa que visa divulgar dissertações académicas de mestrado relacionadas com eletricidade de origem renovável.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of