A MBP Automóveis Portugal, importador e distribuidor da marca Fuso em Portugal vai entregar um exemplar elétrico Fuso eCanter à Novadis, um dos maiores distribuidores de bebidas a nível nacional.

A FUSO, marca do grupo Daimler, tem no modelo Canter um dos maiores representantes no que diz respeito ao ramo da distribuição e a eCanter é a resposta do grupo à necessidade das grandes cidades de disporem de veículos comerciais de mercadorias não poluentes e que cumpram as cada vez maiores exigências ambientais.

O Fuso eCanter é um veículo comercial pesado de mercadorias, 100% elétrico, com um peso bruto de 7,5 toneladas e uma autonomia real de 100 km.

Camião elétrico feito no Tramagal

O modelo 100% elétrico tem importância para a economia portuguesa, uma vez que a produção da eCanter para os mercados do continente ruropeu e dos EUA, iniciada em 2017, é feita a partir da Mitsubishi Fuso Truck Europe (MFTE), no Tramagal, concelho de Abrantes, distrito de Santarém.

O lançamento e produção em série desta viatura foi feito por meio de um projeto piloto, levado a cabo por 100 viaturas distribuídas por seis cidades: Amesterdão, Berlim, Londres, Nova Iorque, Tóquio e Lisboa – onde, em 2018, 10 unidades foram atribuídas para utilização no apoio à higiene urbana.

Aquisição pela Novadis

Um eCanter vai, assim, passar a servir na Novadis, empresa de distribuição do Grupo SCC (SCC – Sociedade Central de Cervejas e Bebidas), que por sua vez integra o Grupo Heineken, grupo cervejeiro europeu e com unidades de produção em mais de 70 países.

Esta viatura 100% elétrica irá operar na zona de Lisboa.

“A aposta na eCanter, por um lado mantém a posição pioneira da Fuso no mercado ao disponibilizar um modelo desta classe com zero emissões e zero ruído e, por outro, revela o compromisso ambiental e social da SCC – Sociedade Central de Cervejas e Bebidas, numa posição estratégica em tornar mais sustentável a utilização da sua frota de veículos”, o fabricante em comunicado.

As crescentes preocupações ambientais das grandes metrópoles têm levado a sucessivas restrições no que diz respeito à circulação de viaturas, dando primazia à eficiência e ecologia dos veículos.

“Esta aposta reforça assim a contribuição tanto da FUSO como da SCC para um objetivo comum: assegurar a distribuição no centro das cidades de uma forma ambientalmente sustentável, numa altura em que o progresso aponta para emissões zero em zonas urbanas, porque o transporte de mercadorias é e continuará a ser um componente indispensável na sociedade”, afirma o construtor.

Leia também:

Camião elétrico Made in Portugal já roda em Lisboa

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of