A empresa de iluminação Signify está a colocar no mercado as primeiras lâmpadas LED classe A da Philips que cumprem as normas de Ecodesign e rotulagem de energia mais rigorosas da UE que entraram em vigor a 1 de setembro de 2021.

Refere a empresa que a vida útil destas novas lâmpadas é 3,5 vezes superior do que as equivalentes normais Philips LED tipo A, uma vez que as novas lâmpadas são capazes de iluminar aproximadamente 50.000 horas, “o que se traduz numa vida útil média de 50 anos, o que proporciona aos consumidores um investimento inteligente a longo prazo quer para o planeta como para a carteira”.

“A nossa paixão por um mundo melhor e mais sustentável levou-nos mais além da inovação e a aumentar a eficiência energética da nossa iluminação LED. Com este avanço tecnológico foi possível criar a nossa lâmpada mais eficiente do ponto de vista energético, mantendo a mais elevada qualidade de iluminação LED a que os nossos clientes estão habituados”, afirmou Michael Rombouts, líder da Unidade de Negócio de Lâmpadas e Luminárias LED da Signify.

Com vida útil mais longa, estas novas lâmpadas LED oferecem aos consumidores “um investimento inteligente quer para o planeta como para a carteira”, destaca a empresa.

Eficiência energética

De acordo com a nova regulamentação, para obterem uma classificação classe A, os produtos de iluminação têm de atingir uma eficiência energética de 210lm/W.

A Signify desenvolveu e projetou quatro lâmpadas normais de tipo A que cumprem com estes critérios, o que significa que consomem 60% menos de energia para atingir a mesma quantidade e qualidade de luz que as lâmpadas LED standard da Philips.

Os qutro modelos de lâmpada

O construtor afirma que os novos produtos são os primeiros de uma gama de novas lâmpadas LED classe A da Philips que cumprem o alto elevado nível das novas legislações de rotulagem energética da UE.

Os consumidores podem reconhecer as novas lâmpadas LED classe A da Philips através do mesmo formato e design de embalagem zero plástico a que estão habituados, mas com uma cor de fundo verde que ilustra estarmos perante produtos de iluminação sustentáveis.

As lâmpadas LED mais sustentáveis estão disponíveis em 40W e 60W.

“As etiquetas energéticas dos restantes produtos da gama LED da Philips serão gradualmente alteradas a partir de dia 1 de setembro de forma a cumprir com a nova legislação de rotulagem da EU”, indica a empresa.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of