A exposição Onda de Lixo Oceânico da Volvo Car Portugal tem em agosto mais uma paragem, desta feita na Guarda.

A obra de carácter ambiental, assinada pelo artista português Luís Coelho, seguiu de Lisboa para a cidade mais alta de Portugal, estando exposta no Centro Comercial La Vie.

Esta onda de resíduos de plástico, que simboliza o compromisso de sustentabilidade ambiental assumido pela Volvo Cars, estará na Guarda até final do mês de agosto.

A obra tem vindo a percorrer vários pontos do país sendo que as suas peças de plástico foram exclusivamente recolhidas na costa portuguesa. Esta obra fez parte da exposição “Over Flow” do artista japonês Tadashi Kawamata, que esteve no MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia no início de 2019.

A organização desta iniciativa contou com o apoio do Clube Escape Livre e dela faz parte igualmente uma conferência com o tema “O automóvel elétrico no combate às alterações climáticas”, que irá decorrer no mesmo local, no próximo dia 25 de agosto, pelas 17 horas.

Esta conferência contará com vários oradores, entre os quais Eduardo Rêgo, da Loving The Planet e voz inconfundível do programa Vida Selvagem, Luís Mira Amaral, antigo Ministro da Indústria e Energia, Pedro Isidoro, Vice-Presidente da UVE – Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos e Aira de Mello, Consumer Experience Director da Volvo Car Portugal.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of