A Casa Branca anunciou que o presidente norte-americano Joe Biden vai assinar um diploma – uma Executive Order – que pretende incentivar a compra de elétricos pelos cidadãos americanos.

A legislação defendida por Joe Biden tem subjacente um objetivo ambicioso: que os veículos com propulsão elétrica sejam metade das vendas totais de veículos novos nos EUA, em 2030.

A meta aplicar-se-á a viaturas 100% elétricas, a hidrogénio e híbridos plug-in.

O anúncio é relevante considerando a dimensão do mercado americano e as metas climáticas definidas pelo Acordo de Paris, cujo cumprimento a administração Trump vinha ignorando.

A Casa Branca destaca os benefícios da aplicação desta Ordem Executiva a longo prazo: “Economizar dinheiro dos consumidores, reduzir a poluição, impulsionar a saúde pública, promover a justiça ambiental e enfrentar a crise climática”.

Marcas lembram importância de estratégia

Os fabricantes americanos Ford, General Motors e Stellantis reagiram já em comunidado referindo o seu apoio à intenção de Biden e lembrando a importância de haver uma estratégia que visa o mesmo propósito: “Isto representa uma mudança significativa em relação ao mercado dos EUA atualmente, que só pode ser alcançada com a implementação oportuna de todo o conjunto de políticas de eletrificação assumidas pela Administração no Build Back Better Plan, incluindo incentivos de compra, uma rede de carregamento abrangente de densidade suficiente para apoiar os milhões de veículos que essas metas representam, investimentos em pesquisa e desenvolvimento e incentivos para expandir a produção de veículos elétricos e as cadeias de fornecimentos nos Estados Unidos”.

Artigo anteriorEstratégia Nacional para a Mobilidade Ativa Ciclável: MUBi critica falta de recursos e liderança
Próximo artigoE-Redes associou-se à campanha “Portugal Chama”

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of