A marca de chinelos Havaianas lançou um sistema de retoma no qual recolhe e recicla chinelos velhos, usados e estragados em cada uma das suas lojas e parceiros retalhistas selecionados.

Atualmente, a empresa tem 76 pontos de reciclagem em toda a Europa — sete deles em Portugal, desde Lisboa a Almada, passando por Portimão e Funchal (Ilha da Madeira).

Para saber onde se localizam estes pontos pode visitar este site.

Reciclagem de Havaianas gerida por Rubberlink

Havaianas; reciclagemExplica a empresa que esses pares de chinelos são geridos pelo parceiro Rubberlink, com o calçado a reencarnar numa nova existência como “tapetes de yoga, tapetes de ginástica ou até sapatos novos”, salienta a empresa, cujas origens remontam a 1962.

“Quase todas as sobras do nosso processo de produção são utilizadas no fabrico de novos pares e as que não podemos utilizar tornam-se parte integrante de outros produtos feitos com borracha, tais como pneus, por isso nada é desperdiçado”, indica a Havaianas.

A marca refere que espera aumentar o número de pontos de recolha “o mais rapidamente possível” e também encontrar outras formas que permitam recolher as velhas Havaianas para lhes dar uma nova vida.

“Desde 1962, temos vindo a fazer chinelos modernos a partir da borracha, um produto natural no Brasil, sendo a escolha perfeita para ser o principal componente do calçado Havaianas. Uma das principais vantagens da borracha é o facto de ser um material reutilizável”, destaca a empresa.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of