Com a ambição de contribuir para que Portugal construa um modelo de desenvolvimento mais sustentável, um conjunto de mais de 80 empresas portuguesas ou com presença no mercado nacional assinaram o Manifesto promovido pelo BCSD Portugal – “Rumo à COP26” – que apresenta 11 objetivos para travar as alterações climáticas, que refletem os diferentes aspetos a considerar para aumentar a ambição da resposta global e coletiva, alinhada com o objetivo de limitar o aquecimento da Terra a 1,5⁰C, o que obriga a acelerar o processo de descarbonização em todo o mundo.

O Manifesto alerta para a relevância e a necessidade de energias renováveis para a projeção da natureza bem como para a importância da redução em 50% das emissões de gases com efeito de estufa até 2030 e de emissões neutras em 2050.

“Rumo à COP26” surge três meses antes da reunião mundial sobre o clima (COP26), que decorrerá em Glasgow, de 31 de outubro a 12 de novembro.

Esta iniciativa “Rumo à COP26” é promovida pelo Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável (“Business Council for Sustainable Development” – BCSD), a organização que junta mais de 100 empresas comprometidas com uma transição para a sustentabilidade.

São signatários do Manifesto “Rumo à COP26” as seguintes 80 empresas e respetivos responsáveis:

Abreu Advogados, Inês Sequeira Mendes, Managing Partner
Accenture Portugal, José Gonçalves, Presidente
Águas e Energia do Porto, Frederico Fernandes, Presidente do Conselho de Administração
Algebra Capital, Vittorio Calvi, Managing Director
Altice Portugal, Alexandre Fonseca, Presidente Executivo da Altice Portugal
Altri, SGPS, S.A., José Soares de Pina, Presidente da Comissão Executiva
AMBIOSFERA LDA., Nuno Esteves de Carvalho, Diretor Geral
ANA Aeroportos de Portugal, S.A., Thierry Ligonnière, Presidente da Comissão Executiva
APCER – Associação Portuguesa de Certificação, José Leitão, CEO
APlanet, Joana Paredes Alves, Co-Founder
Avenue, Aniceto Viegas, CEO
BioRumo – Consultoria em Ambiente e Sustentabilidade, Luís Sousa, Diretor Geral
Biosphere Portugal, Patrícia Araújo, CEO
Bondalti, João de Mello, Presidente
Brisa, António Pires de Lima, Presidente da Comissão Executiva/CEO
Carglass, Pedro Soares, Head Of Procurement and Network Support
Casa Mendes Gonçalves, Carlos Mendes Gonçalves, Presidente do Conselho de Administração
Cimpor Portugal Cabo Verde Operations, Luís Fernandes, CEO
CMS – Rui Pena & Arnaut, Francisca Marques, Diretora Geral
Cocoon Experience, Anabela Fernandes, Managing Partner
Companhia das Lezírias, S.A., António João Coelho de Sousa, Presidente
CONSULAI, Pedro Santos, Diretor-Geral
Corticeira Amorim, Cristina Amorim, Board Member/CFO
CP – Comboios de Portugal, Nuno Freitas, Presidente do Conselho de Administração
CTT, João Bento, CEO
CUF, Rui Diniz, Presidente da Comissão Executiva
Deloitte Technology, S.A., António Lagartixo, CEO
Delta Cafés, Rita Nabeiro, Administração Grupo Nabeiro
EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, S.A., José Pedro Salema, Presidente do Conselho de Administração
EDP – Energias de Portugal S.A., Miguel Stilwell d’Andrade, CEO
Efacec, Angelo Ramalho, CEO
Endesa, Nuno Ribeiro da Silva, Presidente
Everis Portugal, Tiago Barroso, CEO
EY, Manuel Mota, Climate Change & Sustainability Services Leader
Fidelidade, Jorge Manuel Magalhães Correia, Chairman
Finerge S.A., Pedro Norton, CEO
FLEXDEAL SIMFE S.A., Alberto Amaral, CEO
Fujitsu Technology Solutions, Lda., Carlos Barros, Managing Director
Galp, Andy Brown, CEO
GoWithFlow, Jane Hoffer, CEO
Grosvenor House of Investments, Duarte Costa, Founder & Managing Partner
Grupo Ageas Portugal, Steven Braekeveldt, CEO
Grupo Águas de Portugal, José Furtado,Chairman & CEO
Grupo ProCME, José Reis Costa, Presidente
Hovione, Guy Villax, CEO
HyChem – Química Sustentável, Nuno Cortez Coelho, Presidente do Conselho de Administração
Jerónimo Martins, Pedro Soares dos Santos, Presidente do Conselho de Administração e Administrador-Delegado
Joyn SGPS, Gonçalo José Cardoso Nunes Caeiro, Co-Fundador
Lidergraf – Sustainable Printing, Cristiano Azevedo, CEO
LIPOR – Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto, Aires Pereira, Presidente
Loyal, Mafalda Henriques, Managing Partner
ManpowerGroup Portugal, Rui Teixeira, Chief Operations Officer
Metropolitano de Lisboa, E.P.E., Vítor Domingues dos Santos, Presidente do Conselho de Administração
Millennium bcp, Miguel Maya, CEO
Mota-Engil, Gonçalo Moura Martins, CEO
NOS, Miguel Almeida, Presidente da Comissão Executiva
Oney Bank – Sucursal em Portugal, Dario Coffetti, Diretor Geral
Prio Bio, Emanuel Proença, CEO
PwC, Cláudia Coelho, Sustainability & Climate Change Partner
REN – Redes Energéticas Nacionais, Rodrigo Costa, Presidente
Resíduos do Nordeste, EIM, S.A., Hernâni Dinis Venâncio Dias, Presidente do Conselho de Administração
Saint-Gobain Portugal S.A., José Martos, CEO
Sair da Casca, Nathalie Ballan, Partner
Santander, Marcos Soares Ribeiro, Head Banca Responsável, Universidades e Novo Normal
Savills Portugal, Patrícia de Melo e Liz, CEO
Schneider Electric Portugal, Lda., João Rodrigues, Country Manager
Schréder, Nicolas Keutgen, Director
SECIL, Otmar Hübscher, CEO
Signium | Xara-Brasil, Proença de Carvalho & Partners, Felipa Xara-Brasil, Executive Board Member
Simas de Oeiras e Amadora, Alfredo Romano Castro, Diretor Delegado
Sofid, Marta Mariz, CEO
Sogrape, Fernando da Cunha Guedes, Presidente
SOJA DE PORTUGAL, António Isidoro, CEO/Presidente do Conselho de Administração
Sonae GPS, Isabel Barros, Presidente do Grupo Consultivo de Sustentabilidade
SOVENA, Jorge de Melo, CEO
Stravillia Sustainability Hub, Francisco Neves e Maria João Vaz, Managing Partners
SUMOL+COMPAL, Duarte Pinto, CEO
Super Bock Group S.A., Rui Lopes Ferreira, CEO
SUSTAINAZORES, Joana Borges Coutinho, Founder & CEO
Tabaqueira, Marcelo Nico, Diretor Geral
TECNOPLANO, S.A., Bernardo Matos de Pinho, Presidente do Conselho de Administração
The Navigator Company, João Castello-Branco, Presidente do Conselho de Administração
Tintex Textiles, Ricardo Silva, CEO
TRIVALOR SGPS, S.A, Joaquim Cabaço, Presidente Conselho de Administração
UCI – Dê Crédito à sua Vida, Pedro Megre, Diretor Geral
VINCI Energies Portugal, Pedro Afonso, CEO
Vogue Homes, S.A., Joaquim José da Silva Lico, Administrador
Zolve – Logística e Transporte, S.A., Vitor Figueiredo, CEO

Jorge Moreira da Silva, Presidente do Conselho Consultivo do BCSD Portugal
Isabel Ucha, Vice-Presidente do Conselho Consultivo do BCSD Portugal

“As empresas têm um papel decisivo na ação climática”, diz a BCSD

João Castello Branco, Presidente da Direção do BCSD Portugal e Presidente do Conselho de Administração da The Navigator Company, sublinha a importância desta iniciativa, explicando que “não podemos deixar que a ação climática se limite às políticas e iniciativas atualmente em curso, sob pena de isso resultar num aquecimento global no mínimo de 2,9⁰C” o que não é, de todo, compatível com a proteção que se ambiciona para o planeta e para a biosfera.

O Secretário-Geral do BCSD Portugal, João Meneses, acrescenta que “as empresas têm um papel decisivo na ação climática, não só pelos impactos das suas cadeias de valor, mas sobretudo pelo seu potencial de investimento, conhecimento e inovação”.

Efacec quer cumprir Agenda 2030

Uma das empresas signatárias é a Efacec, cuja adesão ao Manifesto reforça o compromisso da empresa em cumprir a Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, cujo objetivo é conciliar Prosperidade com a Proteção do Planeta.

Para Ângelo Ramalho, Chairman e CEO da Efacec, “a associação ao Manifesto permite-nos reforçar o nosso posicionamento na defesa do ambiente bem como consolidar os nossos objetivos ancorados na inovação e na tecnologia. Queremos criar um futuro mais inteligente para uma vida melhor através do desenvolvimento de soluções integradas. 2021 é um ano de consolidação de projetos em curso com foco na digitalização, descarbonização, descentralização energética e otimização das cadeias de valor da Energia, Ambiente e Mobilidade”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of