A exposição Onda de Lixo Oceânico da Volvo Car Portugal tem em julho mais uma paragem.

A obra de caráter ambiental que visa despertar as consciências para o problema do lixo oceânico e é assinada pelo artista português Luis Coelho, encontra-se, até final do mês de julho em Lisboa, nas instalações do concessionário Ascendum Auto, tendo a seu lado, o novíssimo Volvo XC40 P8 Recharge, o primeiro modelo 100% elétrico da marca sueca

A onda de resíduos de plástico tem a particularidade de ter sido exclusivamente recolhida na costa portuguesa, tendo feito parte não só da exposição “Over Flow” do artista japonês Tadashi Kawamata (que esteve no MAAT no inicio de 2019), como também de uma ação de limpeza de praia que os colaboradores e parceiros da Volvo Car Portugal levaram a cabo.

A obra simboliza o compromisso de sustentabilidade ambiental assumido pela Volvo e tem vindo a percorrer vários pontos do País.

A estratégia de sustentabilidade e reutilização de material de plástico da Volvo Cars foi  já reconhecida na edição anual dos Plastics Recycling Awards Europe.

A marca sueca passou a colocar, de forma assumida, no mesmo patamar de importância a tradicional bandeira da Volvo – a segurança – e o ambiente: “Estamos a atuar de uma forma abrangente para garantir um ambiente de negócios mais sustentável com redução da nossa pegada de carbono”, salienta Anders Kärrberg, responsável da Volvo pela sustentabilidade a nível global.

oceânico

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of