A Opel está a iniciar um novo capítulo na estratégia de eletrificação dos seus produtos. A marca alemã, que está a alargar atualmente a sua gama de modelos eletrificados, vai concentrar-se exclusivamente em veículos elétricos a bateria na Europa a partir de 2028.

Nesse contexto, a marca alemã revelou que o Opel Manta estará de volta como um modelo 100% elétrico.

“O futuro da indústria automóvel é elétrico e a Opel faz parte desse futuro. Estamos numa jornada de reinvenção da Opel para nos transformarmos numa marca jovem, verde e global”, afirma o CEO da Opel, no evento digital “Stellantis EV Day 2021”. Michael Lohscheller entende que “a Opel está a evoluir de fria para ‘cool’. Caminhamos para um futuro livre de CO2, uma vez que o dióxido de carbono se tornou na nova moeda da nossa indústria”.

Projeto Opel Manta-e

Fruto das reações positivas que a marca recebeu quando apresentou o protótipo Opel Manta GSe ElektroMOD, o fabricante decidiu avançar com o projeto: “O Manta é um verdadeiro ícone na história da nossa marca e uma inspiração para o nosso futuro. A meio da década vamos trazer um novo Manta para a produção em série. Puramente elétrico, claro”, acrescentou Lohscheller.

Contudo, as indicações vão no sentido de que o novo Manta (que se poderá designar Manta-e) será um produto distinto do Manta GSe ElektroMOD.

O Manta-e será antes um SUV/crossover que poderá ver a luz do dia em 2025.

Entre os seus concorrentes contam-se o Ford Mustang Mach-E, o Kia EV6 e o Hyundai Ioniq 5, por exemplo.

Este crossover elétrico será baseado numa das quatro novas plataformas elétricas da Stellantis, sendo que as duas que serão mais prováveis de sustentar este novo modelo serão a arquitetura subcompacta STLA Small (que fornece até 482 km de autonomia) e a STLA Medium (de 640 km de alcance).

Não há dados sobre o novo modelo, mas não é de excluir o cenário de podermos ter versões de dois motores elétricos com tração integral, a par de outras equipadas apenas com um motor elétrico.

Paralelamente, o construtor anunciou também que vai entrar no maior mercado automóvel do mundo, a China, com modelos de motorização 100% elétricos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of