O Volvo Car Group vai estabelecer uma parceria com a empresa sueca de baterias Northvolt.

Este acordo destina-se a desenvolver e produzir baterias mais sustentáveis que irão equipar a próxima geração de modelos elétricos da Volvo e da Polestar.

Como primeiro passo, as empresas esperam abrir, na Suécia, um centro de pesquisa e desenvolvimento de células de baterias e correspondentes tecnologias para integração nos automóveis Volvo e Polestar, com início de operações previsto para 2022.

Nova gigafábrica de baterias na Europa

No âmbito desta joint venture está previsto ainda o estabelecimento de uma nova gigafactory na Europa, com uma capacidade potencial anual de até 50 gigawatt hora (GWh). O início da sua produção está projetado para 2026.

Pretende-se que a nova gigafábrica seja alimentada com energia 100% renovável. Esta unidade deverá empregar cerca de 3.000 pessoas estando a sua localização ainda por definir.

baterias

O primeiro automóvel a apresentar as células de bateria desenvolvidas através desta parceria será o sucessor elétrico do modelo mais vendido da Volvo Cars, o Volvo XC60.

Como parte do plano, o Volvo Car Group pretende também obter, a partir de 2024, 15 GWh de células de bateria por ano através da fábrica da Northvolt Ett já existente em Skelleftea, na Suécia.

baterias

Para além dos acordos de fornecimento de baterias anunciados, a parceria com a Northvolt irá garantir uma resposta às necessidades europeias da Volvo Cars no âmbito do seu plano de eletrificação.

Em 2025, a empresa pretende que os modelos 100% elétricos correspondam já a 50% do total das suas vendas e, em 2030, a Volvo Cars pretende comercializar somente estes mesmos modelos.

Atualmente, a produção de baterias para os modelos 100% elétricos do Volvo Car Group representa uma parte considerável do ciclo de emissões de carbono associado a cada automóvel.

Ao trabalhar com a Northvolt, uma empresa líder na produção de baterias sustentáveis, e ao ser capaz de as produzir próximo das suas unidades de fabrico na Europa, o Volvo Car Group reduzirá a pegada ambiental associada a este processo nos seus veículos futuros.

baterias

Artigo anteriorExposição leva visitantes a viver num mundo com escassez de água
Próximo artigoAs 4 tendências que vão marcar o futuro imediato dos automóveis

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] a produção destas gigafábricas será complementada com contratos de fornecimento adicionais e parcerias para responder à procura […]