Pingo Doce compromete-se a investir no melhoramento de bairros

0
Pingo Doce compromete-se a investir no melhoramento de bairros

Há algo no seu bairro que você e os seus vizinhos gostavam de mudar? A mudança que pretende levar a cabo tem potencial para promover um impacto positivo na comunidade onde se insere? Se respondeu afirmativamente a estas perguntas o Pingo Doce tem um desafio para lhe lançar. Até dia 1 de julho inscreva-se no Programa Bairro Feliz.

Só precisa de reunir um grupo de cinco vizinhos, delinear uma proposta com as características acima referidas e submeter a sua participação em pingodoce.pt. São igualmente aceites inscrições de IPSS’s, cooperativas, associações, fundações, entidades públicas ou privadas, entre outras.

Apesar de ser exigido que as ideias “promovam um impacto positivo na sociedade”, o Pingo Doce dá liberdade aos participantes para se debruçarem num vasto leque de temáticas. Para sermos mais precisos, as causas podem estar relacionadas com: Saúde, Bem-Estar e Desporto e Causa Animal. Bem como: Apoio Social e Cidadania, Cultura e Património, Turismo e Lazer e Educação e Ambiente.

Terminado o prazo limite para os interessados levarem as suas ideias a concurso, passa-se então à segunda fase do Programa Bairro Feliz: a avaliação por parte do júri. Entre 6 de julho e 17 de setembro o júri vai avaliar todas as ideias apresentadas e selecionar duas causas finalistas. As duas inscrições que mais se destacarem aos olhos do júri seguem para votação em loja. No final, serão novamente os vizinhos a votar para eleger a causa que cada loja Pingo Doce vai financiar.

A proposta que, entre 28 de setembro e 2 de novembro, angariar mais votos será premiada com o valor necessário para a sua concretização. Podendo o prémio atingir um valor máximo de 1000 euros. A revelação das ideia vencedora de cada loja está agendada para o próximo dia 3 de novembro.

Alargamento da área de abrangência

O concurso Bairro Feliz já vai na terceira edição, mas se calhar esta é a primeira vez que está a tomar conhecimento da iniciativa solidária do Pingo Doce. É compreensível! Foi só este ano que o Programa Bairro Feliz passou a assumir uma dimensão nacional, abrangendo todo o território continental e a Região Autónoma da Madeira. As duas edições iniciais tinham um âmbito mais regional, estando restritas à zona Norte. Ainda assim, as mesmas permitiram ao Pingo Doce apoiar um total de 157 causas.

Apesar do referido alargamento da área de abrangência, o Programa Bairro Feliz continua fiel ao seu propósito inicial: “reforçar o envolvimento do Pingo Doce na vida de cada bairro”. Acima de tudo, “fortalecendo o vínculo com as comunidades locais e promovendo uma relação mais próxima e ativa com os vizinhos de cada loja”.

A Coordenadora Nacional do Programa Bairro Feliz defende que, no Pingo Doce, “somos parte do bairro e da vida do bairro”. Por isso mesmo, “celebramos juntos nos momentos de festa e apoiamos nos momentos difíceis”, acrescenta Filipa Pimentel.

O Programa Bairro Feliz, enquadrado na Política de Responsabilidade Social do Pingo Doce, “destaca-se por incentivar os vizinhos a mobilizarem-se para inscreverem uma ideia que faça o seu bairro feliz”. Em contrapartida, “cada uma das lojas Pingo Doce dispõe de 1000 euros para apoiar a causa que a maioria dos seus vizinhos escolherem”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of