O Grupo Renault e a Iberdrola assinaram um acordo de parceria estratégica, para os próximos três anos que irá promover projetos que visam a redução das emissões de CO2, no consumo de energia da Renault, na fábrica do Grupo em Cacia (Aveiro) e em Espanha.

Nos termos do acordo, a Iberdrola fornecerá energia “verde” à Renault, “implementará a eletrificação do calor através de processos térmicos e soluções de maior eficiência energética”.

Entre os desenvolvimentos previstos inclui-se a análise, localmente, de projetos de energias renováveis (painéis fotovoltaicos e geradores eólicos nas fábricas e instalações), bem como a promoção da eletrificação da mobilidade e a utilização de baterias em “segunda vida”.

Também está prevista a análise e a conceção de soluções de mobilidade e carregamento elétrico, tanto para uso interno da frota das próprias fábricas como para carregamentos associados (funcionários, outras companhias e consumidores finais).

Esta parceria permitirá ao Grupo Renault trabalhar no sentido de atingir o objetivo da Pegada de Carbono Zero, assumido no Plano Estratégico Renaulution, que promoverá a utilização de energia “verde” nas suas fábricas e o recurso a Big Data (megadados) na gestão da sua eficiência energética, entre várias outras medidas.

Compromisso de ambas as empresas para com a descarbonização

“No Grupo Renault, acreditamos convictamente nas nossas responsabilidades para com o ambiente e é por isso que um dos nossos objetivos é alcançar uma Pegada de Carbono Zero nas nossas fábricas. Neste sentido, estamos a estabelecer acordos como aquele que agora assinámos com a Iberdrola, que nos levará a reduzir as emissões de CO2 nas nossas fábricas de uma forma inovadora e alinhada com a nossa visão da tecnologia 4.0 da indústria, permitindo-nos, assim, continuar a trabalhar no reforço da competitividade futura das nossas instalações industriais” – José Vicente de los Mozos, Diretor Industrial do Grupo Renault e Presidente e CEO da Renault Iberia.

“Este acordo demonstra bem o compromisso de ambas as empresas para com a descarbonização. Partilhamos a mesma visão e temos os mesmos objetivos para alcançar uma economia livre de emissões. Hoje, combinamos esforços para não só reduzirmos as emissões dos automóveis ao longo do seu ciclo de vida, mas também as geradas ao longo do processo de fabrico. Esta será a primeira fábrica automóvel neutra em carbono, com um fornecimento de energias renováveis, eletrificação do aquecimento, recurso a um segundo ciclo de vida de baterias e a possibilidade de recorrer a outras tecnologias, como o hidrogénio ‘verde’. Com parcerias como a que agora anunciamos, a Iberdrola e a Renault estão a colocar os nossos recursos e conhecimento ao serviço de uma sociedade mais sustentável” – Ignacio Galán, Chairman da Iberdrola

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of