A plataforma de mobilidade Bolt lançou o Bolt Drive, o novo serviço de partilha de veículos que vai permitir aos utilizadores alugar um automóvel por curtos períodos de tempo através da aplicação da Bolt.

Markus Villig, CEO e fundador da Bolt explica que “os veículos pessoais são a principal causa de problemas nos transportes urbanos. São responsáveis pelo tráfego, pelas emissões ambientais e pela ocupação do espaço da cidade, sendo a missão da Bolt ajudar a reduzir a utilização dos carros pessoais. Para que a transição para as viagens em carros partilhados aconteça, precisamos de oferecer uma opção mais conveniente, acessível e ambientalmente sustentável para realizar qualquer tipo de distância. Até ao momento, já conseguimos assegurar essa solução para viagens de curta e média distância, mas agora, com o Bolt Drive, conseguimos disponibilizar um serviço para todas as situações, seja para uma viagem a um centro comercial ou uma escapadela de fim-de-semana. Os nossos utilizadores terão acesso a um carro em qualquer altura, a partir da mesma aplicação que já utilizam para o ride-hailing, trotinetes e bicicletas elétricas”.

Para tal, irá investir 20 milhões de euros no seu lançamento na Europa durante este ano, começando com um projeto piloto na Estónia.

Com o lançamento deste novo serviço, a Bolt torna-se a primeira plataforma de mobilidade na Europa a disponibilizar, numa só aplicação, as soluções de partilha de carros, ride-hailing e micromobilidade, através das bicicletas e trotinetes elétricas.

O Bolt Drive é um serviço de partilha de carros que permite aos utilizadores ver quais os veículos mais próximos, num mapa, e reservar um carro através da aplicação da Bolt.

Para iniciar a viagem, o utilizador deve desbloquear o carro com o telemóvel e pode finalizá-la em qualquer parte da cidade, desde que numa área indicada para esse efeito na aplicação.

Para aumentar a comodidade e flexibilidade do serviço, os utilizadores não necessitam de pagar por estacionamento ou combustível, sendo que esses requisitos já se encontram incluídos no preço final por viagem.

Artigo anteriorMy Ami Cargo: elétrico compacto para distribuir encomendas urbanas
Próximo artigoAutarquia de Leiria vai criar sistema de bicicletas elétricas partilhadas

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of