A BMW revelou as imagens da versão final do i4, embora guardando as principais informações do modelo para daqui a alguns dias.

Assim, este Gran Coupé de quatro portas 100% elétrico, que foi antecipado pelo Concept i4, terá várias variantes, dotadas de diferentes potências e prestações.

O i4 mais potente será um modelo BMW M Performance e terá 390 kW (530 cv). Será capaz de acelerar dos 0-100 km/h em 4 segundos.

Já a versão de maior autonomia poderá garantir viagens de até 590 km de distância com uma carga, medida segundo o ciclo WLTP.

De acordo com o que sabe o Watts On, o BMW i4 deverá ter uma versão de acesso, possivelmente a designar de BMW i440, com tração traseira e um motor elétrico a debitar cerca de 330 cv.

O i4 usa a plataforma modular da marca CLAR (CLuster ARchitecture).

O modelo terá uma bateria com 80 kWh de capacidade, admitindo carregamentos até 150 kW em DC.

Isto significa que a bateria de iões de lítio do i4 pode ser carregada até cerca de 80% em cerca de 35 minutos, o que dará uma média de cerca de seis minutos para se ter disponível uma autonomia de 100 km.

Segundo dados disponíveis, o peso das baterias é de 550 kg.

Em termos de de design, o i4 é em tudo semelhante ao Gran Coupe Série 4 convencional, dele diferindo pelos elementos exclusivos em cor azul colocados em locais como os para-choques, a grelha e a saia lateral da viatura.

Não obstante o interior ainda não ter sido desvendado, é possível que o mais recente elétrico da BMW receberá o novo sistema de informação e entretenimento iDrive 8 do fabricante, o qual é composto por um ecrã de 14,9 polegadas e uma instrumentação para o condutor de 12,3 polegadas.

Esse sistema de infotainment será estreado pelo BMW iX, mas é de admitir que esteja já presente no i4, algo que, contudo, teremos de aguardar para confirmar em breve.

Novo iDrive que deverá estar presente no novo BMW i4

Em termos de calendário de lançamento, o i4 está previsto ser introduzido no mercado ainda em 2021, ano em que se prevê, igualmente, que o BMW iX seja posto à venda.

O fabricante da Baviera tem como objetivo ter na estrada em 2030 um total de dois milhões de automóveis 100% elétricos.

Em termos de Grupo BMW (que inclui também a marca Mini), a meta é ter cerca de 12 modelos totalmente elétricos disponíveis para os consumidores, em 2023, entre os quais se incluirão o Série 5, o Série 7 e o X1.

Do lado da Mini, a ideia é que o derradeiro modelo com motor térmico seja lançado em 2025.

Entretanto, pode ver como foi a apresentação do i4 neste vídeo:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of