Midibus Iveco E-Way: chegou um novo autocarro elétrico à Europa

0
473

A gama de eletromobilidade da Iveco ficou ainda mais completa com a chegada do modelo midibus E-Way. Um autocarro 100% elétrico com capacidade para 69 passageiros. O seu interior otimizado é composto por: 16 lugares sentados, um espaço específico para passageiros com mobilidade reduzida e uma plataforma manual para fácil acesso. A sua função de piso rebaixado “confere o toque final”, garante a Iveco em comunicado.

Outras das principais características deste modelo são as suas dimensões “excecionalmente compactas”. Os seus 9,5 metros de comprimento e 2,33 metros de largura tornam os midibus E-Way “ideais para percursos com restrições e ruas estreitas, típicos dos centros históricos”. E é precisamente essa a utilidade que lhe vais ser dada pelo TPER (Transporte de Passageiros Emília Romagna).

“Estes novos autocarros serão utilizados para serviços de transporte público”. Serviços esses que passam precisamente “pelo centro histórico bem como pelo percurso do Hospital Rizzoli”, avançam em comunicado. O previsto é que a TPER venha a ser detentora de três exemplares deste novo modelo. Mas, para já, o concessionário dedicado Iveco Bus de Bolonha, Maresca e Fiorentino, ainda só procedeu à entrega da primeira unidade midibus E-Way de 9.5 metros.

Autocarros vêm equipados com baterias de alta capacidade

Já lhe dêmos a saber neste artigo que uma das características mais surpreendentes do novo modelo da Iveco são as suas dimensões. Mas há muitas mais especificidades inerentes ao midibus Iveco E-Way que merecem ser realçadas. Continuando com o foco no exterior do veículo podemos referir, por exemplo, que a estrutura destes autocarros elétricos é “integralmente construída em aço inoxidável”.

Para que esta “ganhasse vida”, a estrutura em aço veio acompanhada de um motor de indução Siemens de 160kW. Bem como por um pack de baterias de alta capacidade que, durante a noite, alcança carregamentos até 245kW. Falamos, portanto, “da mais recente tecnologia” disponível no mercado.

Elementos como as bateria foram cuidadosamente “alojados no tejadilho e na secção traseira do midibus Iveco E-Way”. Em comunicado é assegurado que “o veículo pode ser utilizado durante todo o dia de serviço”. Sendo apenas necessário “um carregamento de 6 horas”.

Os midibus Iveco E-Way destacam-se ainda por oferecerem “uma experiência de condução suave”. Assim como “um andamento mais silencioso”. O que resulta em “viagens agradáveis tanto para os motoristas como para os passageiros”.

Por uma Bolonha livre de emissões

Os três midibus Iveco E-Way adquiridos pela TPER são, pelas palavras da própria Iveco, “os primeiros exemplares do novo autocarro 100% elétrico a serem entregues na Europa”. Para quem não sabe, a TPER é responsável, entre outras coisas, pela gestão do serviço de transportes públicos não ferroviários em Bolonha e Ferrara. 

Segundo explica Giorgio Zino, “a aquisição dos autocarros 100% elétricos da Iveco faz parte de um projeto liderado pela TPER, cujo objetivo principal é transformar Bolonha numa zona urbana cada vez mais zero emissões”. Uma iniciativa através da qual se espera vir a ter “impactos positivos sobre o meio ambiente e a qualidade de vida urbana” Nomeadamente “reduzindo as emissões poluentes, ruídos e vibrações”, acrescenta Zino, diretor comercial da Iveco Bus para Itália e Grécia.

Fica assim evidente que “os veículos da gama E-Way da Iveco são ideais para a redefinição do transporte urbano numa perspetiva ecológica”, defende Giorgio Zino. Principalmente porque a Iveco apostou “nos mais recentes desenvolvimentos tecnológicos em termos de eletromobilidade zero emissões”. Desta forma, o grupo “abriu o caminho para que as cidades se tornem ainda mais verdes, inteligentes e sustentáveis”, remata o diretor comercial.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of