A Schneider Electric colaborou com a McDonald’s para converter o restaurante número 1000 da empresa num projeto modelo de sustentabilidade.

O novo restaurante, localizado em Melton South (Melbourne), é o primeiro deste género que a McDonald’s inaugura na Austrália, representando um marco histórico para a empresa no seu esforço em reduzir o impacto ambiental.

A Schneider Electric desenvolveu um sistema integrado de monitorização e controlo da utilização de energia de toda a empresa, otimizando a eficiência e reduzindo o consumo

“Enquanto centro de inovação em termos de sustentabilidade, o nosso restaurante número 1000 na Austrália desempenhará um papel crucial para a McDonald’s,” assegura Diana Grosmann, National Development, Director da McDonald’s Autrália. Este responsável reforça a sua ideia: “Permitir-nos-á continuar a conceber e construir soluções de sustentabilidade comercialmente práticas em todos os novos restaurantes que abrirmos nos próximos anos”.

Consumo energético ajustado às necessidades

O restaurante, que conta com um sistema solar on-site capaz de gerar aproximadamente 42.000 kWh por ano, será alimentado inteiramente por energia renovável. A gestão de todos os sistemas energéticos do restaurante – microgrid, ar condicionado, refrigeração e iluminação – fica a cargo do sistema integrado EcoStruxure for Retail da Schneider Electric.

Neste restaurante serão testadas, avaliadas e implementadas inovações viradas para a sustentabilidade.

“A abertura do nosso restaurante número 1000 é uma grande conquista para nós, estamos orgulhosos de continuar a encontrar formas inovadoras de contribuir para fazer a diferença nas comunidades em que operamos,” diz Diana Grosmann. “Esperamos que este restaurante nos permita aprender rapidamente e ampliar os testes que sejam bem-sucedidos, para que possamos continuar a implementar práticas, equipamentos e produtos que nos ajudem a melhorar o nosso impacto ambiental”.

A solução inclui uma série de sensores que monitorizam a luz solar e a ocupação e que, graças à iluminação automatizada e às ações de climatização, ajudam a conservar energia.

Por exemplo, é possível diminuir as luzes na sala de refeições num dia de sol ou ajustar o ar condicionado em função do número de clientes presentes no restaurante.

Para além disso, o sistema oferece atualizações em tempo real, ativando um alerta na aplicação móvel quando surge qualquer anomalia e permitindo retificação imediata.

Todos os produtos incluídos na solução da Schneider Electric têm a certificação Green Premium e seguem um processo estruturado de gestão do ciclo de vida que permite reduzir o impacto ambiental.

Para além disso, o novo restaurante da McDonald’s conta com iniciativas de sustentabilidade que incluem a reciclagem de brinquedos Happy Meal, um McDelivery neutro em carbono graças à Uber Eats e à Door Dash, o primeiro PlayPlace australiano feito de materiais reciclados e estações de carregamento para veículos elétricos.

“Começamos a ver este tipo de iniciativas também em Portugal e Espanha”

“A colaboração da Schneider Electric com a McDonald’s Austrália é um bom exemplo de como cada vez mais empresas apostam em integrar a sustentabilidade no cerne da sua estratégia. Começamos a ver este tipo de iniciativas também em Portugal e Espanha, em cadeias de hotéis, restaurantes e no setor do retalho. Cada vez mais empresas procuram criar projetos de referência em sustentabilidade dentro das suas infraestruturas, a partir dos quais possam extrair dados e conhecimentos e depois ampliá-los rapidamente ao resto da sua organização,” assegura Jordi García, Vice-Presidente das divisões Digital Energy e Power Products da Schneider Electric Iberia.

“Em paralelo, existe uma consciência crescente sobre a nossa pegada ecológica, tanto nas empresas como nos consumidores. Estes últimos, para além disso – e especialmente as gerações mais jovens – comprometem-se apenas com as marcas que partilham os mesmos valores que eles”.

Schneider Electric

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of