O lixo eletrónico é um dos tipos de lixo modernos mais preocupantes, apresentando uma das maiores taxas de crescimento na produção de resíduos.

A pensar nisso, a LG uniu-se à ERP Portugal, e com o apoio da Startup Lisboa, para desafiar e apoiar empreendedores a criarem soluções para lidar com o lixo eletrónico até porque grande parte dos seus componentes podem ser reutilizáveis ou recicláveis.

Ou seja, é um problema que pode ser combatido.

O e-Waste Open Innovation tem um orçamento de 20.000€ em prémios para distribuir.

O programa está a decorrer. Os empreendedores ou start-ups com ideias para incentivar os portugueses a reciclar o lixo eletrónico das suas casas já apresentaram em novembro as suas candidaturas.

Procedeu-se depois à seleção das melhores ideias/projetos.

Os 5 finalistas são…

Assim, os 5 projetos empreendedores que passaram à fase de mentoria e tutoria por parte ERP Portugal, LG Portugal e Startup Lisboa são os seguintes:

Byewaste – Plataforma tecnológica que facilita a reutilização e reciclagem do e-waste num contexto porta-a-porta;

Personificação dos REEE – Personificar a reciclagem dos REEE utilizando uma nova plataforma de funding;

Phone Hut – Solução de “Recommerce” através de ecoponto “smart”;

Smartwaste – Plataforma/sistema de gestão de recolha seletiva de resíduos que tira partido da Internet of Things (IoT);

Trash for Goods – Plataforma de Gamification que premeia práticas sustentáveis.

Até ao final de janeiro, esses projetos passarão por uma fase de mentoria e capacitação.

27 de janeiro, os 3 vencedores

Sabia que 33,8% da população portuguesa ainda não recicla os Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE)? E que os jovens (18 aos 24 anos), apesar de serem os mais ávidos utilizadores de aparelhos eletrónicos, apenas 2,1% deles os recicla? 

A 27 de janeiro, os empreendedores apresentarão o seu pitch a um júri composto por membros da LG Portugal, ERP Portugal, Startup Lisboa e Exame Informática.

Os vencedores serão escolhidos e anunciados nesse dia, com base em critérios de inovação, tecnologia e praticabilidade da solução.

Os projetos escolhidos serão três e receberão, respetivamente, do primeiro para o terceiro: 15 mil euros, 3.500 euros e 1.500 euros.

Os responsáveis da LG sublinham que o programa e-Waste Open Innovation vem responder a vários desafios criados por vários problemas, designadamente evitar a acumulação de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) em casa e tornar a sua reciclagem num hábito. Outro desafio que o e-Waste Open Innovation pretende apoiar é a criação de ferramentas que facilitem a reciclagem de lixo eletrónico e a procura de soluções tecnológicas e iniciativas (monetárias e não monetárias) que fomentam as boas práticas de reciclagem dos REEE.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of