A Prio, em conjunto com a associação Crescer e o Just a Change, lançou a campanha “Ajuda com o que Poupas”, que tem como principal objetivo ajudar pessoas em situação de sem-abrigo e pessoas que se encontrem em situação de extrema pobreza habitacional.

Através do mote “Dar uma casa a quem mais precisa”, até 15 de janeiro, a Prio incentiva os seus clientes a doarem 1€ para as duas associações parceiras nesta causa, a Crescer e o Just a Change, valor este que será duplicado pela Prio.  Assim, por cada euro angariado, a Prio dá mais 1€. Contas feitas, cada doação equivale a 2€, que reverterá na totalidade para as duas associações.

Esta campanha nasce da estratégia de Responsabilidade Social Corporativa da Prio que procura dar corpo à ambição da empresa em linha com os objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, especificamente os objetivos: 1 – Erradicar a Pobreza e 10 – reduzir as desigualdades.

Todos os portugueses poderão ver a evolução do número de casas alcançadas durante a ação, através do site ajuda.prio.pt, que também permite fazer doações através do IBAN desta iniciativa.

Segundo dados da OCDE, o número de sem-abrigos em Portugal tem aumentado nos últimos anos, apesar dos esforços de associações como a Crescer que procura promover a integração social das pessoas em situação vulnerável.

“Contigo movemos o futuro” é o programa de Responsabilidade Social da Prio, que assenta em 3 pilares: Ambiente e Sustentabilidade, Pessoas e Comunidade, e Inovação e Educação.

Adicionalmente, em Portugal existem mais de 60 mil portugueses que vivem sem água canalizada nem saneamento e mais de 30 mil que não têm eletricidade em casa. Nascido em 2010, o Just a Change é uma Associação sem Fins Lucrativos que reconstrói casas de pessoas em situação de pobreza extrema, sem condições para uma habitação condigna.

Segundo Ana Pinho, responsável de Marketing da Prio, “a Prio está consciente de que estamos a viver um ano atípico e desafiante. Muitos de nós, por questões de saúde e segurança não irão estar com as suas famílias, mas não nos podemos esquecer dos milhares de portugueses que não têm uma casa onde reunir a família”.

Ana Pinho destaca o facto da situação dos sem-abrigo e das pessoas em situação de pobreza habitacional ser “particularmente aflitiva e como empresa sentimos que é nosso dever ajudar. Esta campanha nasce com o objetivo de ajudar quem mais precisa razão pela qual reforçamos os donativos e duplicaremos o valor angariado com as doações dos nossos clientes”.

Artigo anteriorSkoda Enyaq iV: já temos a versão que recolhe as preferências dos clientes
Próximo artigoFormula E: DS Techeetah mostrou armas para defender títulos

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of