Agilox OCF: o empilhador autónomo que vai revolucionar os mercados europeus

0
515

A CLS iMation vai estar em especial destaque no nosso artigo de hoje. A principal razão para isso é o facto de esta empresa estar prestes a lançar o novo Agilox OCF. Um empilhador autónomo contrabalançado com swarm intelligence, também conhecida por inteligência de enxame. Mas antes de lhe falarmos das especificidades técnicas deste inovador produto vamos fazer-lhe uma breve apresentação sobre a empresa que o está a promover.

O empilhador Agilox OCF está a ser inserido no mercado com ajuda da CLS iMation. Uma unidade de negócios da CLS especializada em Intelligent Solutions for Logistics Automation. Segundo garante a própria marca, “a CLS iMation continua a inovar, oferecendo soluções de vanguarda para a automação e digitalização de processos de manutenção”.

Prova disso é o facto da CLS iMation estar a lançar o novo e inovador empilhador Agilox OCF. O produto estará disponível nos mercados de referência do grupo, localizados em Portugal, Itália, Bélgica, França, Luxemburgo, Holanda e Espanha.

CLS iMation reforça a sua linha de IGVs

Talvez não saiba mas, antes do Agilox OCF, já tinha sido apresentado o ONE. Um aparelho equipado com uma plataforma elevatória tipo tesoura e que funciona como um dispositivo de manuseamento de carga. Ou seja, um equipamento que desloca a carga dentro do perímetro do veículo.

Ao introduzir o Agilox OCF em mercados europeus de referência, a CLS iMation vem reforçar a sua linha de veículos guiados inteligentes (IGVs). Veículos esses cujo funcionamento é baseado no uso de técnicas de inteligência de enxame. Abriram-se assim novos campos de aplicação para a Agilox, incluindo a atividade intralogística tradicional de entradas e saídas nos armazéns.

E que (outras) vantagens podemos realçar quando se trata do Agilox OCF? O facto de estes serem extremamente compactos, por exemplo. Além disso, este empilhador autónomo programa as suas trajetórias segundo os princípios descentralizados da inteligência coletiva de enxame.

Estas características fazem dos Agilox OCF equipamentos significativamente mais flexíveis do que os veículos guiados automaticamente (AGV) mais tradicionais. Temos também de realçar que, graças a esse sistema, torna-se muito mais simples programar os procedimentos dos veículos.

Todos estes benefícios inerentes à inteligência coletiva de enxame, que temos vindo a evidenciar enquanto apresentamos o Agilox OCF, tornam os programas de software centralizados opções obsoletas. Nomeadamente os que requerem atualizações de manutenção. Já para não falar que, quando se opta por este novo sistema, garantem-se custos de operação mais baixos.

Uma vez que no desenvolvimento do Agilox OCF foram seguidos os princípios do empilhador contrabalançado o equipamento pode carregar: paletes, caixotes e outros suportes de carga com peso máximo de 1500 kg. Assim como transportá-los até ao seu destino e colocá-los a alturas até 1,60 metros, aproximadamente.

Podemos ainda contar-lhe que o empilhador Agilox OCF é dotado com uma bateria de iões de lítio (LifeP04). Este modelo oferece um carregamento rápido e um funcionamento de longa duração. Para sermos mais específicos: 3 minutos de carregamento permitem até uma hora de operação.

Agilox OCF

Modelos ONE e OCF: as diferenças e semelhanças

Tal como já foi referido, o empilhador Agilox OCF foi antecedido pelo modelo ONE. Por essa razão achámos que seria pertinente fazer uma análise comparativa entre estes dois equipamentos. Nessa tarefa contámos com a experiência de Michele Calabrese, a responsável pela coordenação da unidade de negócios CLS iMation.

A profissional começa por destacar as especificidades de cada um destes modelos. “Enquanto os veículos ONE são utilizados sobretudo para carregar materiais de produção, o modelo OCF permite atividades intralogística de entrada e saída de mercadoria”, refere Calabrese.

Os empilhadores OCF apresentam também a particularidade de possibilitarem a recolha e armazenamento de peças e materiais de produção, “desde que as mercadorias estejam ancoradas à palete”, esclarece a profissional.

Sobre o que caracteriza a frota ONE, Michele defende que “é o facto destes equipamentos operarem sem um sistema de controlo centralizado”. Ou seja, “os veículos ONE circulam dentro da fábrica ou armazém de uma forma verdadeiramente autónoma”, específica. Na opinião da profissional, “esta é a linha de empilhadores ultraleves e de alta eficiência que redesenhou o conceito de AGV”.

Apesar das suas particularidades, os modelos ONE e OCF também têm as suas semelhanças. De entre as quais, o facto de ambos adotarem o conceito de deslocação omnidirecional. Quer isto dizer que “os dois têm capacidade de se mover lateralmente em corredores estreitos, girar no local e manobrar em espaços reduzidos”, sublinha Michele Calabrese.

A CLS iMation está orgulhosa por introduzir no mercado uma solução de vanguarda como o Agilox OCF. Garante a responsável pela coordenação da unidade de negócios do grupo. Michele Calabrese considera que desta forma “a CLS iMation está a ampliar, a todas as áreas de aplicação, a sua carteira de soluções inovadoras para a Indústria 4.0”.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of