Para demonstrar que as casas inteligentes pertencem já ao presente, a LG construiu uma habitação na Coreia do Sul, na qual incorporou a sua tecnologia.

Para dar a conhecer a visão da casa LG ThinQ, a marca tecnológica socorreu-se de um vídeo, protagonizado pelo cantor Henry Lau, mais conhecido como Henry, em que se mostra de forma prática como a conectividade de várias soluções IoT (Internet of Things) colocam os mais variados equipamentos a “conversar” entre si num ambiente doméstico, criando uma casa de sonho.

A produção de energia na Smart home da LG é solar – as próprias paredes do edifício são fotovoltaicas.

Nesta Smart Home, não faltam painéis e paredes exteriores solares (energia solar fotovoltaica integrada em edifícios; em inglês BIPV – Bulding Integrated PhotoVoltaic) para uma produção sustentável e limpa de energia (com uma independência energética de 85%).

Ao todo, 998 módulos solares foram fixados na parede externa (substituindo o acabamento da parede exterior) e no telhado.

O LG ThinQ Home é uma completa solução para todos os espaços da casa na cidade sul-coreana de Pangyo, conhecida como o Silicon Valley da Coreia do Sul.

A área da casa é de cerca de 500 m2 e tem três andares acima do solo e um no subsolo.

A porta principal da ThinQ Home está equipada com tecnologia de reconhecimento facial, com a maçaneta da porta a ter incorporada tecnologia de luz ultravioleta (UV) para esterilização.

“O ThinQ Home personifica a visão “Life’s Good From Home” da LG”, sublinha a empresa, demonstrando a casa do futuro perfeita, desenhada para oferecer um estilo de vida mais seguro e conveniente através dos mais recentes equipamentos e tecnologias de IT da empresa.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of