Já aqui tínhamos adiantado que a Dacia teria um elétrico e agora o construtor do Grupo Renault levanta o véu sobre o concept car que contém o ADN do seu primeiro modelo 100% elétrico. Consiste no Dacia Spring Electric.

O veículo inscreve-se na visão do Grupo Renault de tornar a mobilidade sustentável acessível a todos, respeitando os valores e a filosofia da marca Dacia, de propor automóveis simples, modernos, fiáveis e robustos, ao preço mais acessível.

O protótipo (de linhas quase finais) Spring Electric antecipa um automóvel citadino (apesar do look de SUV do showcar), de 4 lugares e 5 portas, 100% elétrico, que associa simplicidade e robustez e destinado a todos.

O modelo estará disponível em 2021.

A versão de série do Dacia Spring visa uma autonomia em torno dos 200 km (WLTP), o que garante a polivalência de uma utilização urbana e suburbana, e estará disponível em 2021.

Não há, por enquanto, muitos mais detalhes acerca das especificações deste Dacia EV. Contudo, tudo indica que este modelo seja uma versão rebatizada do Renault City K-ZE que se comercializa na China.

Comparamo-los aqui nestas duas imagens:

O Dacia Spring Electric terá 3,73 metros de comprimento. Se seguir o “molde” do Renault City K-ZE poderá apresentar 1580 mm de largura e 1480 mm de altura, com uma distância entre eixos de 2423 mm e uma bagageira de 300 litros.

O protótipo Dacia Spring electric showcar tem na dianteira faróis 100% LED divididos em dois níveis: uma linha horizontal na parte superior e quatro elementos gráficos integrados no para-choques. Na traseira, os quatro faróis, também 100% LED, formam um duplo Y. Esta óticas anunciam a futura identidade luminosa dos modelos da Dacia.

Também não há ainda imagens do interior, mas se também aqui for adotada a base do City K-ZE, o habitáculo do Dacia elétrico poderá ser algo deste género:

O elétrico mais acessível da Europa

“O Dacia Spring responde às necessidades de mobilidade urbana e suburbana, e torna ainda mais acessíveis os veículos elétricos, quer aos particulares quer às empresas”, promete a marca que, por enquanto, não adianta um posicionamento de preços que o modelo terá na sua versão de produção.

Contudo, a marca romena anuncia que este venha a ser o veículo elétrico mais acessível da Europa,  que significa que, face aos preços atuais, deverá custar abaixo dos 21 mil euros, valor de mercado do Skoda CITIGOe iV e do Seat Mii electric, isto de acordo com as nossas estimativas.

O Dacia Spring afigura-se, por esse facto, como uma potencial solução interessante para novos serviços de mobilidade, como as frotas de veículos partilhados. O fabricante assume, de resto, que a versão de série será proposta igualmente para este mercado.

Artigo anteriorFãs italianos da Tesla recriam ecossistema elétrico de sonho
Próximo artigoOperação DriveNow Lisboa fecha as portas. Haverá continuidade?

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of