Já vários construtores de automóveis têm afirmado que a alteração do paradigma da mobilidade levará que as próprias marcas deixem o rótulo de meros fabricantes de veículos, passando a ser fornecedores de soluções diferenciadas de mobilidade.
A Hyundai anunciou agora, formalmente, que essa será a sua estratégia.

No seu plano “Estratégia 2025”, o gigante sul-coreano assume que pretende transformar-se num fornecedor de soluções de mobilidade inteligente até 2025, oferecendo serviços personalizados que vão para além dos automóveis.

Como objetivos financeiros, a Hyundai irá investir mais de 300 milhões de euros em Investigação & Desenvolvimento de futuras tecnologias até 2025. Durante esse período, a empresa terá como objetivo atingir 8% de margem operacional no negócio automóvel e 5% de quota de mercado no mercado automóvel global.

A Hyundai refere que no seu plano está a disponibilização de veículos aéreos pessoais (Personal Air Vehicle – PAV), de oferta de mobilidade last mile e propostas ao nível de robótica.

O desenvolvimento de veículos aéreos levou, de resto, a marca a ir buscar à NASA  o responsável do Departamento de Missão de Investigação Aeronáutica, Jaiwon Shin.

“A Hyundai vai reforçar a sua capacidade de produção para desenvolver produtos que ofereçam aos clientes experiências de mobilidade conectadas”, aponta o construtor.

Para tal, a Hyundai contará com uma nova área de negócios, o Serviço de Mobilidade Inteligente que vai promover um pilar estratégico essencial para futuros negócios.

670 mil veículos elétricos e Fuel Cell

No capítulo dos veículos elétricos, até 2025, a Hyundai quer vender anualmente 670.000 BEV e FCEV, posicionando-se no “Top 3” dos fabricantes de EV.

A marca coreana define como objetivo o lançamento de modelos novos com motorizações eletrificadas até 2030 nos maiores mercados e até 2035 nos mercados emergentes.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of