Vai às compras? Já há um carrinho de supermercado com travagem autónoma

0
2268

Inspirando-se na moderna tecnologia presente nos automóveis novos para ajudar os condutores a evitar acidentes na estrada, a Ford pegou no conceito dos sistemas de Assistência à Pré-Colisão e foi transpô-lo para o universo dos supermercados. Sim, esses locais de muito stress que são palco, por vezes, de corridas a alta velocidade feitas em carrinhos de supermercado conduzidos por crianças (e alguns adultos “Peter Pan”).

A tecnologia de Assistência à Pré-Colisão utiliza uma câmara frontal e um radar para detetar veículos, peões e ciclistas na estrada e aplica automaticamente os travões se o condutor não responder aos avisos.

O “Carrinho de Travagem Autónoma” usa um sensor para atingir o mesmo objetivo – examina a presença de pessoas e objetos no percurso à sua frente e aplica automaticamente os travões quando uma potencial colisão é detetada.

“As crianças adoram imitar os adultos e experimentar sentirem-se mais no controlo. Quando eles empurram um carrinho, para as suas mentes, é como se estivessem atrás do volante de um carro – com os longos e largos corredores de supermercado como a sua pista de corridas”, prossegue a especialista Tanith Carey.

“Os pais muitas vezes temem a ida às compras no supermercado porque estão a tentar despachar-se e as crianças só querem brincar”, disse a especialista em educação infantil Tanith Carey, autora de ‘What’s My Child Thinking? Practical Child Psychology for Modern Parents’.

Ainda um protótipo

Sendo, para já, um mero protótipo, o “Carrinho de Travagem Autónoma” é parte integrante de uma séria da denominada “Ford Interventions” que aplica os conhecimentos da área automóvel na resolução de problemas do dia-a-dia que todos enfrentamos.

“A tecnologia de Assistência à Pré-Colisão pode ajudar os nossos clientes a evitarem acidentes ou a mitigar os efeitos de estar envolvido numa colisão. Pensámos que mostrando como um pensamento semelhante poderia ser aplicado a um carrinho de compras seria uma ótima maneira de destacar o que pode ser uma tecnologia realmente útil para os condutores,” declara Anthony Ireson, diretor de comunicações de Marketing da Ford Europa.

Artigo anteriorBiblioteca de botânica para famílias na Gulbenkian
Próximo artigoTorres Vedras, a capital da mobilidade elétrica a 11 e 12 de maio

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of