A Helexia lança-se em Portugal apostada em desenvolver a oferta fotovoltaica do país e a contribuir para a eficiência energética das empresas e parques industriais.

O seu primeiro projeto em Portugal está instalado e situa-se em Vagos, Aveiro.

Esta empresa de bandeira francesa aposta na produção de energia onde ela é consumida, preferencialmente em modelos de autoconsumo.

Helexia quer duplicar potência instalada a cada dois anos

Luís Pinho, Diretor Geral da Helexia em Portugal, declara que a grande mais-valia das propostas da Helexia está no facto de serem holísticas, dado que integram todas as vertentes: análise financeira e técnica, enquadramento legal, financiamento, construção e gestão dos projetos durante o seu ciclo de vida. “O cliente não investe. Durante o período contratual o cliente tem a energia que é produzida a um preço mais reduzido do que pagaria a um fornecedor de energia”, afirma Luís Pinho.

O objetivo da Helexia, quer globalmente quer no mercado português, é a cada dois anos duplicar a potência instalada. Para o ano de 2017, a empresa estabeleceu a meta de atingir entre os quatro e seis megawatts de potência instalada.

Artigo anteriorPrimeiro projeto fotovoltaico da Helexia em Portugal está já no terreno
Próximo artigoSegway CityGo oferecem solução para concluir de forma elegante qualquer deslocação

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of